Use o remarketing para ser lembrado online

Anúncios e banners nos sites e nas pesquisas são uma estratégia importantíssima para seu negócio. Veja o porquê!

por Luana Carvalho

Após fazer uma pesquisa online sobre algum produto ou serviço é comum que o usuário comece a ser "perseguido" por anúncios de uma marca mesmo quando não está buscando sobre ela.

Post%2011%20-%20Remarketinghtml649c5b56c

Esse fator não acontece por acaso, essa é mais uma das inúmeras táticas do marketing digital. É o remarketing entrando em ação.

O que é remarketing?

O remarketing é uma técnica de publicidade online que exibe anúncios de uma empresa para usuários que já tiveram contato com ela em algum momento.

É a ideia de impactar mais de uma vez a mesma pessoa em momentos diferentes da navegação pela internet, de maneira que ela seja lembrada que sua marca existe em vários momentos e plataformas diferentes.

Post%2011%20-%20Remarketinghtml8f7a81f5a

Remarketing x Retargeting

Os dois termos têm o mesmo significado e objetivo, que é auxiliar a marca a impactar o usuário.

A diferença das nomenclaturas só existe devido a uma plataforma específica: o Google.

O Google Ads trata a técnica como remarketing, porém todas as outras plataformas usam o termo retargeting.

Por que usar remarketing?

O remarketing tem como objetivo aumentar as conversões partindo da teoria de que o usuário raramente faz a compra no primeiro contato e, a taxa diminui mais ainda quando falamos de vendas mais complexas, que oferecem orçamento por exemplo.

E como ele faz isso? Ele permite que o seu cliente em potencial tenha diversas experiências com a empresa. Assim o seu visitante vai estar sempre lembrado da sua oferta e que o seu negócio existe, convencendo ele a realizar uma ação de valor.

Outra vantagem do uso da técnica é aparecer para o usuário em um momento que ele não está procurando pelo seu produto, ou seja, a chance de existirem concorrentes na página são muito mais baixas.

Como fazer remarketing?

Assim como qualquer estratégia para começar é preciso planejamento.

Para ter sucesso com o uso da técnica é preciso mapear os leads nos diferentes estágios do processo de compra.

Por isso o remarketing usa o sistema de listas que dividem os clientes em potencial de acordo com o tipo de ação tomada.

Alguns exemplos de lista podem ser:

  • Quem fez download de algum e-book;

  • Quem respondeu uma pesquisa;

  • Quem compra mais no seu site;

  • Quem se inscreveu no blog;

  • Entre outros.

De acordo com a plataforma que você escolher para fazer o retargeting, também surgem algumas opções como compartilhar sua base de emails ou o pixel de remarketing.

Formas de remarketing no Google Ads

No Google Ads existem basicamente duas formas de fazer remarketing, na rede de display e na rede de pesquisa.

Rede de Display:

A rede de display funciona como um grupo de parceiros que oferecem espaços no site para anúncios em formato de banners.

É nesse formato que aparecem aqueles "anúncios perseguidores".

Por exemplo:

Entrei no site da nike e fiz uma experiência. Selecionei dois tênis e coloquei no carrinho. Depois segui a jornada de compra, até o momento que me pediram dados do cartão e fechei o site. Poucos segundos após acessei o site da Exame e do Administradores e adivinhem quais banners apareceram? Os dois tênis que eu havia colocado no carrinho. Vejam:

Post%2011%20-%20Remarketinghtml2368074a8

Post%2011%20-%20Remarketinghtmlf400cf993

Cada plataforma de remarketing tem a sua própria rede de displays, com parcerias já fechadas, então de acordo com a que você escolher, seus anúncios serão exibidos nas páginas parceiras.

Rede de Pesquisa:

O formato da rede de pesquisa é diferente da rede display. Nele os anúncios são exibidos na própria página de resultado, como por exemplo a página de resultados do próprio Google.

A maior diferença entre as duas é que na rede de display os anúncios aparecem em banners em sites que o usuário está visitando, ou seja, quando ele não está buscando pelo produto/serviço que está anunciado. Já na rede de pesquisa os anúncios aparecem quando o usuário está pesquisando sobre o assunto na página do Google, então seus concorrentes também aparecem por lá.

Como:

Post%2011%20-%20Remarketinghtmlb447c60f6

Mais formas de remarketing

Além do Google existem outras opções a serem exploradas, como o retargeting do Facebook e Instagram.

A técnica de remarketing nessas duas redes sociais citadas funciona de maneira similar a rede de display, os anúncios aparecem dentro da rede social em formato de banners no feed de notícias ou na barra lateral do site.

Alguns exemplos:

Post%2011%20-%20Remarketinghtml72f4e64c6

 

 

Post%2011%20-%20Remarketinghtml452ce1523

Agora que você já sabe o que é e como fazer remarketing recomendo fazer o mais importante para que seu negócio tenha sucesso online: Configurá-lo para aparecer na primeira página do Google.

Autor

Luana Carvalho
Growth
Produtora de conteúdo cursando Publicidade e Propaganda tem por hobbie a programação. Não sabe como seria a vida se não existissem séries policiais e jogos de celular. As áreas de churrasco são sua segunda casa, mas só se carne mal passada estiver no cardápio.
Outros posts feitos por Luana Carvalho
Comentários:
Onde estamos
Rua Platina, 1375, 2º andar, Bairro Prado, Belo Horizonte / MG
Ver no Mapa