Use Marketplace e dê um upgrade nas vendas da sua empresa

Que tal vender para os clientes que estão em um lugar prontos para comprar do seu concorrente? Como? Vou te mostrar, só vem!

por Michael Alexsander

Novas estratégias de marketing e vendas são, literalmente, inventadas todos os dias, cada uma mais complexa do que a outra. Mas tenho uma ótima notícia, uma das estratégia mais eficientes do mercado é antiga e muito fácil, se lembra dos mercadinhos de antigamente? Não existe nada mais fácil para alavancar as vendas da sua loja física ou virtual, do que estar dentro de um Marketplace.

Ao entrar em um shopping você vê lojas, essas lojas pagam um valor pela ocupação daquele espaço, assim vendem seus produtos, principalmente aos consumidores de outras lojas.

Esse é o mesmo conceito do Marketplace, só que no ambiente virtual. Estamos falando então de um espaço na internet onde se faz compras e vendas eletrônicas de qualquer coisa. O Marketplace é uma plataforma online desenvolvida para promover a venda de produtos de terceiros através da internet.

6bcoNbkyfoDItimJS3MVO-DGct8cheucKFOicDIR

Colocar seus produtos dentro de um Marketplace é uma estratégia útil para empresas de qualquer porte, desde MEIs à multinacionais, pois alavanca - consideravelmente - as vendas através da internet.

Um Pouco de História

O modelo de vendas em Marketplaces surgiu no Brasil em 2012. Foi sensação na época porque remetia a uma espécie de shopping center virtual. É vantajoso para lojistas e consumidores, visto que reúne diversas lojas e marcas em um só lugar, facilita a procura e leva aos melhores produtos e preço.

A palavra Marketplace é resultado da união das palavras market (mercado) e place (local). É um termo comum no meio empresarial mas ainda se confunde com o termo e-commerce. O e-commerce é uma loja virtual única, individualizada por empresa, sendo assim, o Marketplace é um conjunto de e-commerces.

4i8okxu-6ir_xqwOS0ZVBOFlKbrf7aodMi42rypX

Como funciona um Marketplace?

Para quem compra, a navegação é contínua, idêntica a de uma loja virtual, porém com o diferencial de ter acesso à centenas de vendedores em um único lugar. Basta que o cliente escolha os produtos que quer comprar e finalizar a compra com um único pagamento. Inclusive, com um único valor de frete também, independente se a compra inclui produtos de diversos vendedores.

Nos bastidores, após aprovada a compra, o sistema do Marketplace divide o pagamento entre administrador, lojista e integrador de pagamento. No painel ficam registrados todos os relatórios e transações, permitindo maior liberdade e transparência entre as partes envolvidas.

Vantagens de estar dentro de um Marketplace

1. Visibilidade: Quanto maior o tráfego dentro do Marketplace, mais sólido é o público, reduzindo assim, o orçamento investido em divulgação. O maior exemplo hoje é o Mercado Livre, ele é acessado por milhões de usuários diariamente que o tornam a maior plataforma do segmento.

2. Credibilidade: Ao colocar seu produto nas vitrines dos maiores Marketplaces da internet, maior será a confiança dos clientes na hora de comprar, mesmo que sua marca tenha acabado de nascer. Um Marketplace consolidado transfere sua credibilidade às lojas emergentes, já que ele será a porta de entrada, levando o consumidor a entender que todos os produtos ali comercializados são de qualidade.

3. Baixo custos: O marketplace fornece a vitrine para você mostrar seus próprios produtos e leva o público até ele, gerando tráfego, visitação e potenciais consumidores ao seu produto. Isso gera um custo, que podem variar entre as plataformas de 5% à 15% do valor da venda.

4. Mais Vendas: Os maiores Marketplaces brasileiros possuem elevada audiência, somando em média, 40 milhões de potenciais compradores, isso significa que ao estar dentro desta plataforma, você amplia sua possibilidade de novos clientes realmente interessados em comprar seu produto.

5. SEO: Seus produtos aparecerão dentro de sites muito bem indexados e, consequentemente terá uma referência, um link para sua loja. Assim seu e-commerce ganha força em SEO, contribuindo diretamente no ranqueamento de seu site nos mecanismos de busca como o Google, aumentando seus acessos e suas vendas.

Um fator que pode ser considerado negativo é a dependência gerada para as empresas que estão inseridas nesse modelo de comercialização. Isso, porque se um Marketplace encerra as atividades, todas as marcas envolvidas perdem seu canal de venda. Em um cenário pior: se uma loja depende exclusivamente do Marketplace, o negócio tem grandes chances de fechar as portas.

Conheça abaixo os Principais Marketplaces

NcGkC81rcT13S4i25K_VP90EzoLy0m7P51lP7xPY

Coloque seus produtos dentro de um Marketplace hoje mesmo, novos consumidores conhecerão sua marca gerando mais visitas na loja física e/ou virtual. Certamente seu faturamento será maior, visto que o Marketplace é o atalho relativamente mais rápido para levar seus produtos de encontro aos possíveis clientes.

O conceito é o mesmo que justifica o sucesso de uma loja física em um shopping center. As pessoas podem entrar para comprar o produto de outra loja, mas veem os produtos na sua vitrine e acabam se interessando também

Autor

Michael Alexsander
Growth
Growth Hacker com foco no crescimento do cliente. No sangue corre axé e funk, mas o colar preto é do forró. Bacharel em Administração e MBA Executivo em Gestão de Custos pela PUC-MG. Empreendedor Serial e Educador Financeiro revoltado com a cultura financeira "burra" do Brasil. Ator com DRT e Scalper da Bolsa de Valores.
Outros posts feitos por Michael Alexsander
Comentários:
Onde estamos
Rua Platina, 1375, 2º andar, Bairro Prado, Belo Horizonte / MG
Ver no Mapa