Tudo que você precisa saber sobre capital de giro

A chance de uma empresa fechar nos primeiros 4 anos é 50%. Descubra como o capital de giro ajuda, e muito, a evitar esse fato.

por Luana Carvalho

Segundo uma pesquisa realizada pelo SEBRAE 27% das novas empresas fecham as portas no primeiro ano. O número aumenta para 50% quando falamos sobre os primeiros 4 anos da empresa.

Um dos maiores erros das empresas é a falta de atenção ao capital de giro. Ele é de extrema importância para uma boa administração do seu negócio e não pode ser negligenciado.

Caso o empresário não tenha conhecimento do que se trata o termo ou acredita que essa deve ser uma análise secundária, a empresa corre perigo.

Esse comportamento pode levar a problemas com pagamentos, quitação de pendências, ausência de recursos financeiros em situações críticas, entre outros acontecimentos que podem levar um empreendimento a falência.

O que é capital de giro?

O capital de giro é uma reserva de recursos que tem como objetivo suprir as necessidades da empresa em um determinado período.

É o dinheiro necessário para manter o funcionamento da empresa, são recursos financeiros que encontram-se em estoque.

Existe um conjunto de recursos necessários para a empresa fazer seus negócios acontecerem (girar), e é daí que vem a expressão "Capital de Giro".

Esse conjunto é formado principalmente por:

  • Caixa e Banco;
  • Estoques;
  • Contas a Receber.

É uma reserva, mas deve ser usada!

O capital de giro deve ser usado para gastos imediatos. Por isso, essa quantia precisa sempre estar disponível.

Esse fator não significa que esse valor deve ficar parado.

O capital é usado basicamente em 3 momentos:

      1. Venda a prazo

Quanto maior o prazo oferecido para o cliente ou quanto maior for o número de vendas a prazo no período, maior é a necessidade de uso do capital de giro.

      2. Mercadoria em estoque

Os estoques são formados e mantidos de acordo com a necessidade do mercado, por isso sofre constantes alterações. O capital de giro é diretamente proporcional ao investimento nos estoques.

      3. Pagar dívidas antes de receber

Em seu caixa ou nos bancos está a parte mais líquida do seu negócio, ou seja, os valores que podem ser utilizados imediatamente.

Essa parte deve ser utilizada para situações extremas ou para realizar pagamentos urgentes, mesmo antes de receber dos clientes.

Por que o capital de giro é importante?

O capital de giro é o que mantém o coração da sua empresa batendo, ou seja, mantém a saúde financeira do seu negócio em dia.

Ele é calculado para cobrir mensalmente as despesas entre o contas a pagar e os recursos disponíveis em caixa.

Em momento algum pode faltar recursos para que sua empresa cumpra suas obrigações. Por isso as decisões de compra e venda devem ser tomadas com critérios pré-estabelecidos.

Ou seja, antes de tomar uma decisão deve ser feita uma análise sobre a disposição dos recursos financeiros da empresa. Nesse momento o fluxo de caixa é super necessário.

Se os critérios que tangem as decisões não forem bem definidos, chegará um momento que a empresa precisará recorrer a terceiros (bancos, sócios, fornecedores), o que gera cobrança de juros e diminui a margem de lucro.

Como calcular capital de giro?

Tudo gira em torno do planejamento. É lá que você vai definir e detalhar todas as despesas de curto e longo prazo e depois projetar as vendas e entrada de dinheiro.

Para descobrir o valor do seu estoque, basta somar todos os preços de venda da sua mercadoria estocada.

Agora faça o seguinte cálculo: some todas as suas contas a receber ao valor do seu estoque. Subtraia desse resultado todas despesas e contas a pagar:

Post%2016%20-%20Capital%20de%20Girohtmlb

 

Dicas para ficar atento com a gestão do capital de giro

Realize a previsão correta de tributos

A maior parte das empresas possui períodos sazonais de vendas, ou seja, datas específicas que a empresa vende mais, ocasionando aumento nos tributos normalmente pagos.

Atente-se em calcular e prever corretamente, para que sua empresa consiga realizar todos os pagamentos e não fique com dívidas de encargos.

Negociação de prazos

Os setores de compras e vendas devem andar em sintonia, assim os prazos podem tornar-se oportunidades.

Por exemplo: Seu fornecedor aceita um pagamento mais longo, então você pode usar essa vantagem para oferecer prazos mais longos de pagamento para os clientes também.

Estoque

Por definição o estoque faz parte do capital de giro.

Caso a sua empresa trabalhe com níveis altos de estoque, mesmo tendo um bom capital de giro ela pode passar por problemas com pagamentos.

Isso porque se as vendas não estão indo bem, automaticamente seu fluxo de caixa também não está, interferindo diretamente no capital de giro da sua empresa.

Portanto esteja sempre atento na saúde financeira do seu negócio e faça os checkups para não correr riscos.

Dica final

O Galax Pay pode te ajudar a controlar a recorrência do seu negócio através do débito automático no cartão de crédito, emissão de boletos registrados ou débito automático.

Receba o contato de um especialista

Autor

Luana Carvalho
Growth
Produtora de conteúdo cursando Publicidade e Propaganda tem por hobbie a programação. Não sabe como seria a vida se não existissem séries policiais e jogos de celular. As áreas de churrasco são sua segunda casa, mas só se carne mal passada estiver no cardápio.
Outros posts feitos por Luana Carvalho
Comentários:
Onde estamos
Rua Platina, 1375, 2º andar, Bairro Prado, Belo Horizonte / MG
Ver no Mapa