Por que softwares de gestão de Pagamento Instantâneo (Pix) são úteis?

O Pix será liberado para o uso de todas as instituições cadastradas no Sistema desenvolvido pelo Banco Central. Veja aqui qual será o papel dos softwares de gestão na revolução do mercado financeiro.

por Lays Xavier

O lançamento do Pix, Pagamento Instantâneo, está cada vez mais próximo e algumas dúvidas ainda são frequentes para os empresários.

Será possível utilizar o Pagamento Instantâneo livremente ou há necessidade de baixar algum aplicativo, realizar cadastros e outros?” é umas das dúvidas pertinentes.

A utilização do Pix poderá ser feita desde que você possua uma conta em alguma instituição financeira cadastrada para utilização do novo método de pagamento. Sendo assim, é necessário apenas ter o cadastro em um banco tradicional ou digital, além da opção de fintechs e bandeiras de cartão de crédito.

Todas as instituições cadastradas no Sistema de Pagamento Instantâneo poderão oferecer a opção do Pix para o seu cliente. No entanto, é válido ressaltar alguns detalhes, que farão uma grande diferença para os empreendedores. Confira a seguir!

Disponível somente para instituições de pagamento cadastradas

A promessa do Pix é que ele irá substituir as TED’s e as DOC’s tradicionais. Porém, ao contrário do que se imagina, o seu surgimento não fará com que essas transações deixem de existir. Elas ficarão obsoletas e, por essa razão, deixarão de ser utilizadas no meio financeiro.

Para disponibilizar o Pix como possibilidade de transação, as instituições de pagamento deverão se cadastrar no sistema do Banco Central desenvolvido especialmente para o pagamento instantâneo.

A participação obrigatória do cadastro no Sistema do Pix, se dá para as instituições que possuem mais de 500 mil contas ativas, caso contrário, a adesão é opcional.

As micro e médias empresas precisarão ficar atentas às condições que serão oferecidas pelas instituições para a utilização do Pix.

Por que softwares de gestão de Pagamento Instantâneo (Pix) são úteis?

Para as empresas que desejarem utilizar o Pix e que não possuam um software para auxiliar nas atividades financeiras, todos os processos serão realizados de forma manual. Este pode ser um problema a partir do momento que uma grande quantidade de transações passem a ser realizadas.

Imagine que você conte com uma cartela que tenha de 50 a 100 clientes. Próximo à data de cobrança, será necessário salvar com os dados corretos cada cobrança de forma individual e depois encaminhá-las aos respectivos clientes.

Lançar os pagamentos na data correta e fazer a conferência da liquidação, além de ser um processo muito trabalhoso, pode ocasionar em erros.

O pagamento através do Pix, pode ter duas formas de cobrança, ambas realizadas através de um envio manual. Entenda a seguir!

A transação feita de forma manual exige o cadastro dos dados do cliente, como o nome completo, o CPF ou CNPJ e em alguns casos, um número de telefone ou e-mail.

Há também a opção de envio do pagamento via QR Code, que é um pouco mais simples, visto que é necessário apenas cadastrar um valor para que o código seja gerado e possa ser enviado ao pagador.

Gerar um QR Code, ainda que seja uma transação simples, requer atenção e o envio deste para os clientes, pode ser demorado e confuso quando realizado em grandes quantidades.

Os softwares de gestão, facilitam todo esse trabalho para que as cobranças não sejam realizadas de forma equivocada. A geração do débito, o envio e a conferência de pagamento, é feita de forma automatizada e nenhuma cobrança é esquecida.

Todo o processo, quando se utiliza um software de gestão de Pagamentos, é muito simples. Basta realizar o cadastro do cliente e os detalhes da cobrança, como a data de vencimento, valor, se haverá ou não juros após o vencimento e o número de parcelas.

Feito isso, o software se encarrega de gerar a cobrança, enviá-la ao cliente e fazer a liquidação assim que o pagamento é realizado.

Um software de gestão ainda facilita a criação de relatórios personalizados e possibilita ter uma visão mais clara a respeito das cobranças realizadas pela sua empresa.

Com a adesão do Pagamento Instantâneo (Pix), o software conseguirá gerar um QR Code e enviar diretamente para o cliente ou no caso de pessoas mais resistentes a mudança, haverá a opção de realizar um envio mesclado, gerando um boleto com os dados do QR Code em seu arquivo para que a pessoa opte pela forma que melhor irá atendê-la.

Sua empresa está preparada?

Em meio a tantas mudanças que estão ocorrendo, sua empresa está preparada para aderir à nova realidade do mercado financeiro?

O Pix será liberado a partir do mês de outubro, mas a sua empresa já pode aproveitar das vantagens de um software de gestão financeira a partir de hoje.

O Galax Pay é um software de pagamento que oferece soluções práticas de automação de processos financeiros e já está cadastrado para fazer a utilização do Pix em breve.

Retome o controle financeiro da sua empresa, converse com um consultor e entenda mais sobre a utilidade de um software de gestão de pagamentos para o seu negócio.

Receba o contato de um especialista

Autor

Lays Xavier
Marketing
Produtora de conteúdo, sonhadora e inspirada. Cursando Publicidade e Propaganda, vive atrás de referências na busca de produzir conteúdos cada vez mais relevantes e atrativos. Engajada em cursos online, sabe que o conteúdo nasce do conhecimento e por isso, está constantemente atrás de novas oportunidades para adquiri-lo.
Outros posts feitos por Lays Xavier
Comentários:
Onde estamos
Rua Platina, 1375, 2º andar, Bairro Prado, Belo Horizonte / MG
Ver no Mapa