Para quem funciona o pagamento recorrente?

A recorrência é um tema que tem deixado muitos gestores em dúvida. Será que esse meio de pagamento é realmente eficiente? Clique aqui e descubra.

por Lays Xavier

O pagamento recorrente através do cartão de crédito é uma modalidade relativamente nova no mercado em relação aos demais métodos de pagamento.

Foram criadas então muitas promessas sobre a efetividade deste pagamento e que por vezes despertam a curiosidade sobre as verdades da modalidade.

O pagamento recorrente, é vantajoso tanto para a empresa quanto para o consumidor? Esse meio de cobrança realmente auxilia na diminuição da inadimplência? Como de fato funciona este sistema de pagamento?

Todas estas dúvidas permeiam as mentes de quem já ouviu falar sobre a cobrança feita através da modalidade recorrente.

Entenda melhor como funciona a recorrência e as promessas feitas pelas empresas que oferecem estes serviços.

O pagamento recorrente não é novidade

Apesar de só estar ganhando fama agora, o pagamento recorrente não foi criado a pouco tempo.

Esse modalidade de pagamento é bem antiga, sendo utilizada pelas empresas de telefonia, TV a cabo, água e luz, com a cobrança de valores variados, mas de forma mensal pela utilização do serviço.

A possibilidade de pagar através do cartão de crédito é a grande mudança agregada ao método de cobrança.

Na pesquisa "O brasileiro e sua relação com o dinheiro" realizada com dados de 2018, indicou que um dos meios de pagamento preferidos do brasileiro, em contas com valor superior a R$100,00 é o cartão de crédito, contando com o uso de 35% das pessoas.

Por ser um facilitador de pagamentos, o cartão de crédito é utilizado por grande parte da população brasileira.

Realizar a cobrança diretamente no cartão de crédito é uma alternativa para as empresas que prestam serviços por mensalidades. Assim, o compromisso do cliente com a empresa é mais forte e a garantia de recebimento é maior.

Entenda como funciona o pagamento recorrente via cartão de crédito!

Pagamento recorrente via cartão de crédito

As cobranças continuam sendo realizadas mensalmente ao cliente, no entanto, o valor das parcelas é preestabelecido, não ocorrendo variações ou surpresas.

Ao iniciar a prestação de serviços, é assinado um contrato estabelecendo o valor que será cobrado, a periodicidade da cobrança e tempo de duração, podendo ser por trimestre, semestre, anual, ou indeterminado.

Uma vez que o contrato é assinado, os dados são cadastrados em um sistema de gestão dos pagamentos, sendo eles:

  • Número do cartão de crédito do cliente;
  • Código de segurança;
  • Nome do cliente;
  • Plano escolhido para a prestação de serviços;
  • Periodicidade da cobrança;
  • Tempo de duração e muitos outros a depender do serviço oferecido.

A cobrança não consome o limite do cartão do cliente no valor integral como em parcelamentos, ela é feita de forma individual e automática, sem a necessidade de pedir a senha do cartão do cliente todo mês.

Esse método de cobrança traz muita praticidade para as empresa e para o cliente, por isso acaba se tornando um sistema bom para os dois lados.

O gestor deseja receber o pagamento pelos seus serviços e a cobrança automática garante que isso ocorra.

Os clientes não querem se dar ao trabalho de ir ao estabelecimento somente para pagar ou de ter que se preocupar com os vencimentos distintos de todas as suas contas.

Assim, respondemos a primeira questão sobre as vantagens para o consumidor e para a empresa, ambos se beneficiam.

A automatização do processo de cobrança mensal direto no cartão de crédito, impede também que a sua empresa caia no rodízio de boletos, em que o cliente escolhe uma mensalidade para atrasar.

O cartão de crédito de modo geral, é uma das prioridades de pagamento do consumidor, aumentando a taxa de recebimento da sua empresa.

Redução da inadimplência

Como consequência da cobrança automática, a taxa de inadimplentes diminui significativamente.

Existem formas do cliente não pagar a cobrança? Vamos ser sinceros! Ele pode não pagar, desde que cancele o cartão cadastrado e não forneça dados de um novo.

Essa opção pode apresentar muitas complicações, afinal, não é simples cancelar um cartão cheio de cobranças pendentes e criar outro logo em seguida.

Ainda que ocorra a situação de cancelamento, o cliente está ligado a você por contrato, onde são previstas as multas para a quebra do contrato e outras questões.

Ou seja, a cobrança recorrente por cartão de crédito associada a uma boa estratégia pode fazer sim com que a sua inadimplência diminua significativamente.

Por que optar pela recorrência?

No tempo das facilidades, burocratizar processos pode te retirar do mercado.

Olhando assim pode parecer exagero, no entanto ao observar o mercado e fazer uma reflexão, você conseguirá perceber que tudo que apresenta alguma dificuldade ou demora para a realização é deixado de lado.

O que você prefere? Um meio de pagamento rápido ou aquele que te obriga a lembrar todos os meses de cumprir uma data específica e levar o valor ao estabelecimento?

Quando a situação aperta, você opta por deixar de pagar algum boleto ou o cartão de crédito?

A situação com o seu cliente não é diferente e, caso você não se atente as necessidades dele, o seu concorrente irá.

As cobranças realizadas por esse método de pagamento tem muito a oferecer para o seu negócio. Não perca tempo e fale com um especialista neste assunto para saber mais sobre como usufruir dos benefícios para a sua empresa.

Receba o contato de um especialista

Autor

Lays Xavier
Marketing
Produtora de conteúdo, sonhadora e inspirada. Cursando Publicidade e Propaganda, vive atrás de referências na busca de produzir conteúdos cada vez mais relevantes e atrativos. Engajada em cursos online, sabe que o conteúdo nasce do conhecimento e por isso, está constantemente atrás de novas oportunidades para adquiri-lo.
Outros posts feitos por Lays Xavier
Comentários:
Onde estamos
Rua Platina, 1375, 2º andar, Bairro Prado, Belo Horizonte / MG
Ver no Mapa