KPI, indicadores e métricas

Entenda como o KPI te auxilia a medir os seus resultados de marketing digital.

por Luana Carvalho

Imagine que traçou e executou uma estratégia enorme de marketing, mas no final você não conseguiu medir se os resultados foram positivos ou negativos para a empresa. Não faz sentido, não é mesmo? 

É possível mensurar essas informações de maneira que auxiliem a sua empresa. Para isso é necessário compreender quais desses indicadores devem ser medidos de acordo com o seu negócio, em outras palavras, quais KPIs devem ser considerados e como eles podem melhorar sua performance. 

O que é KPI?

As métricas mais relevantes para sua estratégia de marketing que determinam o sucesso ou insucesso das estratégias são chamadas de KPIs ou indicadores de performance.

O KPI permite que as ações e iniciativas da empresa sejam medidos e, dessa forma compreender se as decisões tomadas estão sendo efetivas e atendendo os objetivos propostos pelo time de marketing da empresa. 

Esse indicador de performance pode ser um número ou percentual e te auxiliar a calcular métricas como: quantas páginas um visitante viu no blog ou qual a taxa de rejeição das páginas.

Como definir um KPI:

Separamos algumas perguntas que ao serem respondidas te auxiliarão a definir os KPIs de acordo com os objetivos do negócio

  • Qual é o resultado desejado?
  • Por que esse resultado é importante?
  • Como você vai medir o progresso?
  • Como você pode influenciar o resultado?
  • Quem é responsável pelo resultado do negócio?
  • Como você saberá que alcançou seu resultado?
  • Com que frequência você vai rever o progresso em direção ao resultado?

Agora que aprendemos como definir o KPI vamos compreender o que é um bom indicador de performance.

O que é um bom KPI? 

A primeira medida a ser tomada para escolher um bom indicador de performance é traçar um objetivo. 

O KPI deve ser relevante para o objetivo traçado, por exemplo: se o objetivo é ter mais visitantes no blog, calcular quanto o seu cliente gasta no seu e-commerce não é interessante. 

Características de um bom KPI

1. Objetivos específicos

A ligação do KPI com os objetivos não é por acaso. Portanto é necessário ter objetivos específicos e buscar os indicadores corretos, uma vez que se estiverem errados apresentam performances incoerentes. 

2. Possibilidade de mensurar

O indicador de performance deve estar disponível para ser calculado e ser possível de mensurar. É necessário por exemplo ter visitantes no blog para calcular quantas páginas foram vistas no blog.

3. Relevância

Deixe para trás os indicadores de vaidade como quantidade de curtidas e comentários de Instagram. Eles não apresentam nenhum resultado, por mais que pareçam importantes não apresentam respostas concretas para os objetivos traçados.

4. Respostas inteligentes

O KPI precisa te ajudar a tomar decisões inteligentes para que apresente performances satisfatórias. Os indicadores coletados devem mostrar qual o melhor caminho que a empresa deve seguir.

5. Periodicidade

O cálculo periódico do KPI é extremamente necessário para entender o que dá certo, e se o ROI é interessante para o negócio.  

Quais KPIs usar?

Para facilitar os indicadores foram divididos de acordo com os interesses de quem está analisando. Ficaram assim divididos em: primários, secundários e práticos.

Primários

Estão ligados diretamente ao faturamento da empresa, ou seja, são os que mostram se a equipe de marketing está ajudando a empresa a ganhar dinheiro ou não. Eles podem ser:

  • Custo de aquisição por lead;
  • Tráfego;
  • Taxa de conversão;
  • Receita por compra.

Secundários

São métricas um pouco mais específicas que reforçam os KPIs primários e apresentam os porquês. Como:

  • Custo por visitante;
  • Origem do tráfego;
  • Média de preço por transação;
  • Assinantes do blog.

Práticos

Também conhecidos como indicadores operacionais são usados para melhorar o entendimento dos KPIs primários e secundários. Como:

  • Alcance de cada publicação;
  • Páginas mais acessadas;
  • Palavras-chave mais pesquisadas;
  • Visitantes novos x recorrentes.

Fique atento, não confunda KPIs com métricas!

As métricas são apenas algo a ser medido, não tem representatividade caso não sejam transformadas em indicadores. Uma simples métrica não pode te auxiliar a tomar decisões estratégicas, como por exemplo:

  • A loja virtual recebeu 40.000 visitas esse mês;
  • 1.000 pessoas compraram algum produto nesse mesmo período.

Não é possível tomar uma decisão estratégica, certo? Agora vamos transformar essas métricas em KPI: 1.000 compradores / 40.000 visitas = 2,5%

  • A taxa de conversão da loja virtual foi de 2,5%

Agora sim é possível tomar uma decisão. Sabendo que a cada 200 visitantes, vendemos para 5 deles, podemos simplismente aumentar a quantidade de visitantes para vender mais, ou podemos usar uma estratégia mais elaborada de CRO para otimizar as coverções e vendermos para 10 dos 200 visitantes. Curtiu o exemplo, que tal replicar em seu site ou loja virtual?

O Galax Pay criou um manual com passo a passo para você reestruturar seu departamento Financeiro e Contábil de acordo com as práticas das startups de sucesso. Veja!

Autor

Luana Carvalho
Growth
Produtora de conteúdo cursando Publicidade e Propaganda tem por hobbie a programação. Não sabe como seria a vida se não existissem séries policiais e jogos de celular. As áreas de churrasco são sua segunda casa, mas só se carne mal passada estiver no cardápio.
Outros posts feitos por Luana Carvalho
Comentários:
Onde estamos
Rua Platina, 1375, 2º andar, Bairro Prado, Belo Horizonte / MG
Ver no Mapa