Integração de pagamento a ERPs: como fazer?

Você possui um ERP e deseja complementá-lo com um sistema de pagamento? Veja como fazer aqui!

por Lays Xavier

Os sistemas de gestão estão cada vez mais atualizados para atender ao maior número de demandas das empresas em um único lugar.

A adesão das empresas por sistemas para automatizar os processos internos e deixá-los mais rápidos é crescente. Seguindo a mesma proporção, são desenvolvidos sistemas para suprir as demandas do mercado.

Para conseguir atrair a atenção das empresas, em meio a tantos outros sistemas, os ERPs precisam apresentar diferenciais. Quanto mais completos, maiores são as chances de serem escolhidos.

A seguir, veremos como a integração de pagamentos torna os ERPs mais atraentes e como realizá-la com um bom sistema de cobranças potencializa a atuação da sua empresa. Continue a leitura e confira!

O que é um ERP?

Você pode estar na dúvida sobre o que de fato é um ERP e se ele já vem com um sistema de pagamentos incluso. A resposta para isso é: depende.

Os ERPs, Enterprise Resource Planning, são sistemas de gestão empresarial. De modo geral, eles apenas funcionam como facilitadores diários para a rotina da empresa.

É comum encontrar sistemas que servem para ter um maior controle de estoque, saídas e entradas de funcionários, criação rápida de relatórios e consulta a dados antigos. Estes sistemas, no entanto, se encarregam somente da parte mais burocrática e administrativa.

A parte de pagamentos fica isolada e não tem nenhuma correlação com o que acontece no setor administrativo, sendo necessário procurar outros meios para facilitar também a gestão financeira.

Para tornar mais simples a rotina dos gestores, os sistemas administrativos e financeiros começaram a possibilitar a realização de integrações, assim os sistemas irão realizar consultas entre si.

A gestão é mais facilitada pois a união dos dados evita duplicidade de informação e facilita o acesso a relatórios mais completos.

Alguns ERPs já possuem parcerias com sistemas de pagamento, porém essa não é uma constante quando o assunto é gestão empresarial. O ideal neste cenário é fazer a contratação de ERPs que permitem a integração com um sistema de pagamentos.

Como realizar a integração de pagamentos?

A integração é um processo muito simples. Para fazê-la será necessário apenas que os sistemas disponibilizem uma API de integração.

Para ficar mais claro, a API é uma ferramenta de integração. Ela funciona como uma ponte que conecta os dois sistemas e permite o fluxo de informações.

É necessário somente que um dos sistemas possua essa ferramenta para que eles possam se conectar e compartilhar comunicação entre si.

Uma aplicação prática neste caso, é um ERP que se conecta através da API de um sistema de pagamento a ele. Assim será possível realizar as cobranças e acompanhar os dados sobre as transações que ocorrem na plataforma.

Vantagens da integração para a empresa

Como as empresas são beneficiadas ao integrar o seu sistemas de gestão ao de pagamento?

Para que as facilidades trazidas por esta integração fiquem ainda mais evidentes, veja a seguir as principais razões de conectar os sistemas.

Todas as informações em um lugar

Ao integrar um sistema de pagamento ao seu ERP, todas as suas informações financeiras serão direcionadas ao sistema de gestão. Dessa maneira, todas as informações estarão em um lugar apenas.

O cadastro das informações por serem compartilhados, não precisarão de ser realizados novamente no outro sistema.

Precisão das informações

Como todos os dados estarão no mesmo lugar, será possível gerar relatórios mais completos, além de conseguir definir o perfil dos consumidores de forma mais precisa.

Você poderá ver quem são os clientes que pagam na data correta, os que costumam atrasar, o tempo que levam para quitar suas dívidas entre outras informações que facilitam na tomada de decisões internas.

Redução de erros e tempo

A emissão de pagamentos e as baixas de cobrança, após cadastradas, podem ser realizadas pelo sistema. Ou seja, não será necessário deixar uma equipe de colaboradores responsáveis por conferir e enviar pagamentos nas datas corretas.

O sistema gera a cobrança e envia para o cliente. Quando efetuado o pagamento o próprio sistema realiza a baixa.

Ficará praticamente impossível cometer erros como gerar cobranças duplicadas, encaminhar cobranças para e-mails errados, esquecer de realizar o lançamento de pagamentos ou não perceber pessoas que estão inadimplentes.

A integração com um sistema de pagamentos permite que sejam cadastradas cobranças para serem realizadas periodicamente, no valor determinado em contrato. Elas serão geradas e enviadas mês a mês dentro do próprio sistema.

Sabendo como integrar um ERP a um sistema de pagamentos e as suas vantagens, o próximo passo é escolher. Veja a seguir como tomar essa decisão.

Como escolher um meio de pagamento para integrar no seu ERP?

A escolha do sistema de pagamentos deve se apoiar em alguns aspectos. Para o melhor aproveitamento, são características importantes para o sistema:

Suporte

Ainda que o sistema seja intuitivo e simples de mexer, acontecerão momentos em que você se esquecerá de uma função ou qual ferramenta que realiza determinada atividade dentro do sistema.

Contar com um sistema que forneça suporte é muito importante para que a sua experiência com a integração seja boa.

Opções variadas de pagamento

Sabemos que o cartão de crédito é um facilitador de pagamento. Por essa razão, este meio é muito utilizado entre as pessoas, sendo o preferido por muitos consumidores.

No momento de escolher o sistema de pagamento que irá contratar, é interessante observar quais são as opções de pagamentos disponibilizadas por ele. Ainda que o cartão de crédito seja muito utilizado, existem clientes que preferem pagar através de boletos bancários.

Observe se o sistema de cobrança escolhido disponibiliza mais de uma forma de pagamento para que você consiga alcançar o maior número de pagamentos.

Possibilidade de personalização

As empresas são diferentes umas das outras, assim como os clientes, que possuem necessidades diferentes em relação ao que deseja de sua empresa.

A possibilidade de personalização pelo sistema de pagamento é um diferencial no momento de escolher o sistema que melhor atende ao que a sua empresa necessita.

API de integração

Para que a integração seja feita, é necessário que o sistema de pagamento tenha uma API de integração.

Caso o sistema não tenha esta ferramenta, será impossível integrá-lo ao seu negócio.

Dessa forma, você terá duas gestões descentralizadas. Já vimos no decorrer do post que possuir as informações no mesmo local facilita a rotina empresarial.

Estes são os principais diferenciais entre os demais sistemas de pagamento para que a sua gestão seja ao máximo otimizada.

Como última dica e indicação para facilitar a sua gestão, com estes e muitos outros critérios, conheça o Sistema de pagamento Galax Pay.

Sistema de pagamento Galax Pay

O sistema de pagamento Galax Pay, é muito simples de integrar e é bastante intuitivo. Após a ativação do sistema, já será possível integrá-lo ao ERP de sua empresa.

Caso esteja preocupado com a compatibilidade de integração, saiba que a API do Galax Pay permite que o sistema de pagamento se conecte a todos os sistemas de gestão empresarial.

A integração entre o sistema de gestão empresarial e o sistema de pagamento Galax Pay, é rápida. Caso seja necessário, há um time de especialistas disposto a ajudar.

Converse com os nossos consultores e confira todas as vantagens e facilidades de integrar o seu sistema de gestão ao Galax Pay.

Receba o contato de um especialista

Autor

Lays Xavier
Marketing
Produtora de conteúdo, sonhadora e inspirada. Cursando Publicidade e Propaganda, vive atrás de referências na busca de produzir conteúdos cada vez mais relevantes e atrativos. Engajada em cursos online, sabe que o conteúdo nasce do conhecimento e por isso, está constantemente atrás de novas oportunidades para adquiri-lo.
Outros posts feitos por Lays Xavier
Comentários:
Onde estamos
Rua Platina, 1375, 2º andar, Bairro Prado, Belo Horizonte / MG
Ver no Mapa