Como organizar as contas da empresa utilizando um ERP

A forma de pagamento tem grande influência sobre o seu negócio, veja como o meio ideal pode alavancar sua empresa!

por Daniela Borsoi | Tiny ERP
Como organizar as contas da empresa utilizando um ERP

Manter as contas a pagar e a receber organizadas é uma das tarefas que está presente no dia a dia de toda e qualquer empresa. Independentemente se é de grande ou pequeno porte, saber quanto dinheiro será preciso para pagar as dívidas e quanto está previsto para entrar no caixa é de extrema importância.

Neste conteúdo, queremos te apresentar porque você deve organizar as contas, como fazer isso através de um ERP e ainda quais são os benefícios de manter as contas centralizadas. Dessa forma, você consegue colocar em prática na sua empresa e melhorar a gestão financeira do negócio.

Organizar as contas é fundamental

Para ter organização nas finanças é preciso utilizar alguma ferramenta capaz de reunir todas as contas e que ainda gere relatórios para análise. O ERP, por exemplo, é um sistema que permite o lançamento de todas as receitas e despesas da empresa, facilitando a rotina de quem trabalha no setor financeiro.

Contas a pagar

São as despesas da empresa. Por contas a pagar, podemos citar tudo que a empresa precisa desembolsar dinheiro para quitar a dívida. Aqui, incluímos as compras de produtos feitas com fornecedores, a compra de materiais de escritórios, reformas na empresa, salários dos funcionários, água, luz e internet. Estes são apenas alguns exemplos, mas quem tem uma empresa sabe que a pilha de boletos é bem maior.

O importante é que, independente da quantidade de contas que a empresa precisa pagar, todas precisam estar reunidas em um só local. Assim, o responsável pode visualizar tudo que precisa pagar no dia e efetuar o pagamento. Caso contrário, precisaria buscar em pastas, e-mails, arquivos ou planilhas, o que ocupa tempo e ainda pode ocasionar esquecimento.

Contas a receber

As contas a receber são a alegria do gestor, pois estão incluídas as receitas da empresa. Estamos falando dos pagamentos realizados pelos clientes após efetuarem uma compra, por exemplo, seja a vista ou a prazo.

Mas sem que todos estes recebimentos estejam organizados em um sistema, como o gestor saberá a quantidade de dinheiro que tem para receber em cada período? Cuidar das contas a receber apenas em carnês ou anotando as compras nas fichas de clientes pode ser um problema. Em algum momento, algum cliente pode deixar de pagar uma dívida e a empresa não perceber.

O ERP como aliado no controle das contas

Uma das maiores vantagens de utilizar um ERP nas empresas é a centralização das informações. Com ele, o cadastro de produtos, compras, vendas, notas fiscais, estoque e muito mais ficam reunidos, facilitando a busca de informações e a geração de relatórios.

Ao utilizar um ERP, muitas tarefas que seriam manuais se tornam automatizadas, facilitando a rotina diária. As contas a pagar, por exemplo, podem ser lançadas automaticamente após salvar uma ordem de compra. O lançamento das contas a receber também pode ser automatizado após salvar um pedido ou a nota fiscal correspondente.

O importante é que, ao configurar para que seja automático, não é necessária nenhuma ação para manter as contas reunidas. Ainda, estas contas nutrem o fluxo de caixa, relatório importante para que o gestor tenha previsão financeira, sabendo o quanto de dinheiro vai entrar e sair do caixa da empresa nos próximos dias. Sem isso, como ele vai saber se precisa economizar dinheiro ou se pode investir?

Seguindo na linha da automatização, o ERP constrói o balancete da empresa a partir da baixa de pagamentos ou recebimentos, e estas informações precisas são necessárias para uma gestão financeira adequada. É possível saber exatamente qual foi a despesa e a receita de determinado período.

Para complementar a visão financeira do negócio, o DRE aponta se a empresa obteve lucro ou prejuízo, levando em consideração todas as receitas e despesas, inclusive os impostos pagos.

O uso de um ERP traz grandes facilidades para a empresa. O trabalho manual não é mais 100% necessário, e a automatização economiza tempo para que você possa focar nas estratégias do negócio para a empresa crescer.

Concluindo

Empresas que mantém as contas a pagar e a receber organizadas têm uma melhor visão financeira do negócio. Com isso, fica mais fácil tomar decisões, avaliar possíveis investimentos e até mesmo cortes de gastos.

Sem uma boa base é complicado verificar quais são os possíveis caminhos que a empresa deve seguir. Por isso, busque um ERP que ajude no controle financeiro, centralizando todas as receitas e despesas.

O Tiny é um ERP que auxilia as empresas a manter as contas organizadas, oferecendo relatórios como fluxo de caixa, balancete e DRE. Além disso, permite controle de estoques, integração com canais de venda, emissão de notas fiscais e muito mais. Aproveite e conheça mais sobre o Tiny.

Autor

Daniela Borsoi | Tiny ERP

Formada em Publicidade e Propaganda e amante de séries e filmes. Faz parte do time de marketing da Tiny ERP, focando na produção de conteúdos.

Outros posts feitos por Daniela Borsoi | Tiny ERP

Deixe seu comentário